quarta-feira, 15 de abril de 2015

Camping em Tiradentes janeiro 2015

Sabe quando você fica dias na estrada, viajando de lugar em lugar e quando chega em casa só pensa em por o pé na estrada novamente? 

Foi exatamente isso que aconteceu com a gente. Depois de 12 dias de viagem entre Foz do Iguaçu e Derrubadas no Rio Grande do Sul, passando por Curitiba no meio disso, quando chegamos em casa dormimos duas noites por aqui e já partimos pra Tiradentes.

 Fomos experimentar o camping João mineiro, pois já tínhamos acampado no Tiradentes e apesar de gostarmos de lá queríamos conhecer o outro, que me parecia pelas fotos,  ser mais perto da cidade, ledo engano.

 Eu adoro as cidades mineiras, tenho afeto por Minas, e Tiradentes é uma gracinha, mas dessa vez passamos aperto nesse camping, se bem que o lugar  está longe de ser considerado um camping. 

Pra chegar são 2km de estrada de terra, que estava em boas condições, o local é um restaurante e pousada pequena, a área do camping é rústica ao extremo, terra batida na margem do rio das mortes. 

Tem pontos de luz 110 volts  no lugar das barracas,  mas o que realmente é precário é a limpeza dos banheiros e a ínfima quantidade deles apenas um para casa sexo e ainda são os mesmos do restaurante, que pra piorar vivia entupido. Chuveiro só tinha um para todo  mundo. Na época apenas nós e depois um casal com um menino ficou acampado por lá. 

 Geralmente uso o camping pra pernoitar e preparar meu café da manhã, mas dessa vez nem café tomávamos no camping de tanto desagrado que vivemos, o que fez encurtar nossa viagem para apenas um fim de semana. Não recomendo, a não ser se não houver outro jeito.


Área do camping





Rio das mortes e os mosquitos


único chuveiro  




área do restaurante




Mas o objetivo era conhecer outros encantos de Tiradentes e visitar o máximo possível da cidade. Dessa vez fizemos a travessia da serra de São José, que contorna a cidade, com o guia Dalton da uai trip, uma figuraça, cheio de histórias e piadas e aquele jeitinho mineiro de contar causos, um show à parte, super recomendo!



Subir ou não a serra???? kkkk


Visão da serra de são José


nascentes


Na calçada dos escravos





Pelos campos de altitude das Minas Gerais

Muros construídos pelos escravos demarcação das propriedades.

Cachoeiras do mangue, seca




Aproveitarmos para dar umas voltas pelas cidades da região, em especial Prados e Resende Costa com seus teares. Voltamos por Bichinho, distrito de Prados 10 km de estrada de chão e muita poeira, conhecemos o museu do automóvel, rico na sua coleção de antigos, uma surpresa que valeu à pena.

Resende Costa distante 30 km de Tiradentes



Prados e o artesanato em ferro

Coreto em Prados

Museu dos autos antigos Bichinho

Adoro variant



Tiradentes é daquelas cidades pra andar sem  pressa e apreciar tudo, a terra,  as gentes  a comida....e querer voltar mais uma vez.














3 comentários:

  1. Beleza, Paula. Bom saber das condições desse "camping" para passar longe, rs.

    ResponderExcluir
  2. Mais um para minha lista negra! ;)

    ResponderExcluir
  3. que sufoco esse camping hein Paula! Ainda bem que a cidade possui várias coisas para se fazer e poder aproveitar a viagem!

    Abs
    Junior

    ResponderExcluir